A certeza de não ser interceptado

Numa cidade despoliciada, a sensação de segurança está do lado da bandidagem.
Controlar o índice de homicídios, considerando que 70% dos casos envolvem a guerra entre traficantes de drogas, é uma meta que está longe do alcance da polícia, a menos que fosse possível localizar e prender todos os principais líderes da bandidagem. Ocorre que, embora a apreensão de drogas venha num crescendo em todo o estado, os traficantes presos, em sua maioria, são os de menor hierarquia no crime organizado. Com isso, as execuções não param e, muito menos, o tráfico. De outra banda, o homicídio clássico, aquele que envolve pessoas com antigas desavenças ou como resultado de rixas eventuais são de impossível prevenção policial.
Examinado este quadro, a sociedade não pode eximir de total responsabilidade os dispositivos de segurança no entorno de casos como o do assassinato do médico Marco Antonio Becker, 60 anos, crime ocorrido na noite de quinta-feira, às 22h30min, na rua Ramiro Barcelos, não muito distante doperímetro central de Porto Alegre. O assassinato não aconteceu em local deserto. Pelo contrário, é área de movimento intenso nas 24 horas do dia. Ainda assim, os bandidos, numa moto e sem capacete, dispararam cinco tiros contra Becker, que recém entrara em seu carro após sair do restaurante Alfredo, um das casas mais tradicionais da capital. Mais do que isso, os bandidos, cientes de estarem numa cidade despoliciada, tinham tal certeza de que não seriam interceptados que chegaram a falar e ameaçar um homem que terminou por testemunhar a execução.
Numa cidade patrulhada pode ocorrer um crime nas mesmas circunstâncias do caso de Marco Antonio Becker. É evidente que pode. No entanto, o que assusta é que crimes como esse estão ocorrendo numa Porto Alegre despoliciada onde os bandidos se sentem seguros, principalmente à noite, seja no bairro Floresta, na Restinga, no Centro, na Cidade Baixa. Sigam-me.

O mapa
Esta na mesa do titular da pasta da Segurança, Edson Goularte, um projeto visando a criar um sistema de patrulhamento, 24 horas por dia, na Capital. O mapeamento está pronto e o número de policiais a serem mobilizados definido. Tudo perfeito, não fosse o detalhe da inexistência de efetivo para a execução do que está no mapa. Enquanto isso, cabe investigar o assassinato Marco Antonio Becker e tantos quantos possam vir a acontecer.
Justiça
Segunda-feira, dia 8, é o Dia da Justiça. O Judiciário está, pois, em pleno feriadão que terá uma comemoração diferenciada. Nesta mesma segunda-feira, no auditório do Foro Central de Porto Alegre, será lançado o site www.magrs.net destinado à comunidade jurídica e a seus colaboradores. O evento, aberto para o público, no auditório, se iniciará às 17h, ocasião em que o professor e jurista Dalmo de Abreu Dallari, proferirá palestra sobre o tema “Independência Judicial”.
Locações
Agora a SSP publicou pregão para locar 55 veiculos leves, 41 utilitários e 45 motocicletas. Haverá também locação de luminosos de emergência e até rádios. Segundo conselheiros da coluna, a operação logística até poderia parecer adequada a não ser pelo custo/benefício, haja vista que o valor despendido previsto é a metade dos valores dons bens que, se efetivamente adquiridos, poderiam atender outras comunidades e futuros verões. Dos aproximados 150 veículos que serão locados poderiam ser comprados uns 70. Como um veículo nas mãos dos policiais duram dois anos sem apresentarem grandes problemas, obviamente que com um esforço, talvez do Pronasci, poderiam ser comprados 150 veículos que teriam uma vida de mais 21 meses e não somente os três da Operação Golfinho.
Casa vazia
Agentes do Denarc cumpriram, na tarde dessa quinta-feira, mandados de busca e apreensão em duas residências no bairro Mathias Velho, em Canoas. De acordo com o delegado Fernando Oliveira, foram apreendidos cerca de 2 quilos de crack, um revolver Taurus calibre 38, munição e uma balança de precisão. Ninguém estava em casa, logo, não houve prisões.
A torre
Fecharei minha torre por alguns dias, a partir de amanhã. Presenteio-me com uma folga digna de uma pessoa normal. Estarei de volta no próximo dia 16, uma terça-feira.

Deixe uma resposta