Felicidade na Íntegra

Christian Lavich Goldschmidt*

A Felicidade é o sentimento que mais fortemente move nossas ações cotidianas em prol de uma vida plena, e que, portanto, traça os rumos de nossa trajetória planetária. “Felicidade na Íntegra” foi um evento organizado pela Fundação Gaia – Legado Lutzenberger, que se propôs a ressignificar a vida de cada um pelo bem da vida de todos.

No Japão, a Flor de Adonis (Adonis amurensis) começa a desabrochar após suportar as severas condições do inverno e, devagar, gera delicados e graciosos botões amarelos, os quais, conforme a sabedoria popular, atraem a felicidade e a prosperidade. O simbolismo dessas flores contém uma lição para nós: precisamos prestar mais atenção na natureza e tirar dela os exemplos para ultrapassarmos as dificuldades da vida.

Assim como a Flor de Adonis desabrocha após o rigoroso inverno japonês, devemos entender que, aquilo que, à primeira vista, pode parecer sofrimento ou infelicidade, na realidade não passa de um teste ou treinamento, fundamentado numa profunda consideração do que é melhor para cada um de nós.

Só nossa atitude diante de treinamentos sob a forma de dor e sofrimento, é que determinará o quanto seremos felizes ou não. Algumas pessoas aceitam o sofrimento de forma positiva e são capazes de superá-lo, enquanto outras respondem de maneira negativa e se abandonam ao desespero. Muitas vezes, a dor e o sofrimento nos treinam a fim de que possamos alcançar a verdadeira felicidade.

Devemos lembrar que a gratidão sincera é o segredo para ultrapassarmos todos os testes que encontrarmos na vida. Por isso é tão importante que sejamos gratos a tudo e a todas as formas de vida do planeta. Como a busca pela felicidade é o que nos influencia e nos rege, devemos nos focar na melhor maneira de adotar um modo de vida coerente, de acordo com os princípios ecológicos, se assim o fizermos, não será necessário entregar-se à preocupação quanto ao futuro distante. Nossas ações do presente nos garantem e nos conduzem à um futuro tranqüilo e feliz!

O mundo está se transformando a todo instante e, nesse sentido, tudo no universo é efêmero e mutável, com isso, é vital que nos lembremos que em muitas regiões do planeta há pessoas enfrentando dificuldades extremas, lutando para superá-las. Precisamos fazer tudo o que pudermos para ajudar aqueles que sofrem devido a doenças, pobreza, conflitos e desastres. Então, o sofrimento e a infelicidade não durarão para sempre.

Deixe uma resposta