Auditoria na Justiça Militar do Estado

A grandeza ou a fragilidade da corte, que tem sido sempre motivo de polêmica, serão pontos que estarão diante do Conselho Nacional de Justiça.
Para os próximos dias 8 e 9, terça e quarta-feira, está previsto um trabalho de auditoria no TJME (Tribunal de Justiça Militar do Estado), que é o Tri-bunal da Brigada Militar. O procedimento será realizado pelo CNJ (Conse-lho Nacional de Justiça). Deverá ocorrer, na tarde do dia 9, como parte dos trabalhos dos auditores, uma audiência pública aberta. Caso se confirmem denúncias partidas da promotoria e de juízes daquela corte, o comandante geral da Brigada Militar, coronel Paulo Roberto Mendes, uma vez nomeado juiz militar, poderá encontrar um tribunal com a sua extinção, mais do que nunca, discutida. Ao contrário, se a auditoria não só reconhecer um funcio-namento de plena austeridade do TJME como também a sua mais absoluta necessidade de existir, não só pela gravidade, mas pela quantidade de pro-cessos que julga, pelo seu quadro enxuto de servidores, com o nepotismo banido, Mendes entrará num colegiado de magistrados fortalecido e, com certeza, não lhe será incômoda a toga, o mesmo valendo para os seus pares.
Baianos
Em setembro último, o CNJ fez uma auditoria no Tribunal de Justiça da Bahia (Justiça comum) e encontrou coisas que só o tabuleiro da baiana tem.
Quadrilheiros
Terça-feira, dando seguimento à Operação Charada, agentes da 20ª DP de Porto Alegre, sob o comando da delegada Vivian Calmeiéri do Nascimen-to, e com apoio da DP Capão da Canoa, efetuaram, na rua Flores da Cunha, em Tramandaí, a prisão de cinco foragidos da Justiça, entre eles um ex-PM. Houve a apreensão de uma submetralhadora Thompson, calibre 45, três pistolas, farta munição, um colete balístico, giroflex, touca ninja, e três car-ros. Os bandidos foram autuados em flagrante e encaminhados à Penitenci-ária Modulada de Osório.
Escola
Na manhã de ontem, as aulas foram suspensas na escola Venezuela, no bairro Medianeira, devido ao arrombamento no prédio durante a madruga-da. O colégio da rede estadual atende educação infantil e ensino fundamen-tal. As atividades foram retomadas à tarde. Os ladrões arrombaram as gra-des e quebraram uma das janelas do prédio. Eles levaram um aparelho de TV, um de DVD e 4 rádios com CD.
Meninos
A direção da Fase abriu sindicância para investigar a fuga de três internos na noite passada do Centro de Atendimento Sócio Educativo 2, na vila Cruzeiro. Segundo a fundação, havia atividade no pátio quando os jovens de 17 e 18 anos fugiram pelos fundos, supostamente pulando o muro que da acesso a vila em área invadida. Os monitores da Fase, de um modo ge-ral, trabalham sob constante terror diante desses meninos infratores. O con-trole total tem sido impossível.
Banco
Uma agência do Sicredi foi arrombada, na madrugada de ontem, em La-goa Bonita do Sul, no Vale do Rio Pardo. Os bandidos tentaram abrir o co-fre, mas, com pouca prática, nada conseguiram e terminaram levando ape-nas um colete balístico que encontraram num cabide.
Mulheres
A monitora e assistente social Mara Minotto é a nova diretora da Peniten-ciária Feminina Madre Pelletier. A posse, presidida pela corregedora-geral da Susepe, Mônica Pires da Silva, ocorreu na terça-feira. Como diretor substituto e chefe da segurança da casa, Mara escolheu o agente penitenciá-rio Evaristo Soares Júnior, que é bacharel em direito.
Homicídio
O dono de uma pensão foi assassinado, na noite de terça-feira, em Porto Alegre. Heitor Inácio Correia, de 51 nos, estava em seu estabelecimento na rua Garibaldi esquina com a avenida Farrapos, no bairro Floresta, quando foi alvejado a tiros. O pistoleiro fugiu sem ser identificado.
Casal
Na madrugada de ontem, um casal foi preso após assaltar um taxista na avenida Antônio de Carvalho, na Zona Leste da capital. O motorista trans-portava uma passageira e foi abordado pelo casal de ladrões numa sinaleira. O taxista e a passageira pularam com o veículo em movimento. O carro atingiu a calçada e o casal foi preso por brigadianos que, de viatura, pas-savam pelo local.
Ana Terra
A Delegada Elisabete Cristina Barreto Muller, da Polícia Civil de Encan-tado, foi escolhida pelo Conselho de Desenvolvimento do Vale do Taquari (Codevat) para receber o Prêmio Ana Terra, distinção entregue todos os anos pelo Governo do Estado a 25 mulheres de destaque no Rio Grande do Sul.
Independência judicial
Com o foro Central vazio, mas com seu auditório lotado, os magistrados gaúchos lançarão segunda-feira, dia 8, Dia da Justiça, às 17h, o site www.magrs.net, destinado a ser um dos veículos de comunicação em defe-sa da “Independência Judicial”. Este será o tema da palestra, por ocasião do lançamento do site, a ser proferida pelo professor e jurista Dalmo de Abreu Dellari. O evento é gratuito e aberto a todos os segmentos da sociedade que defendem um perfil de magistrado que, livre de pressões, possa olhar de frente para os seus jurisdicionados.

Deixe uma resposta