MÁRCIA TURCATO/ Precisamos dos indecisos

Eles não votaram em ninguém nas eleições de 2018. Os eleitores não conseguiam definir seu voto entre Lula, Ciro e Bolsonaro, que estavam à frente das pesquisas, se diziam desiludidos com os três e decidiram não eleger ninguém.
Agindo assim, abriram mão do seu poder de decisão alegando que não havia candidato que os representasse. Várias pessoas publicaram exatamente isso nas redes sociais: nenhum candidato me representa!
Pois bem, agora somos representados por Bolsonaro. Ele não me representa, representa você eleitor indeciso? Claro que a resposta é não, se você ama a democracia e respeita as instituições.
Precisamos da força dos indecisos e dos desiludidos. Eles definem as eleições e eles podem defender o Estado de Direito Democrático contra o golpe do dia 15 de março convocado por Bolsonaro e seu bando.
O carnaval de todo o Brasil e, em especial do Rio de Janeiro, mostrou para o planeta a insatisfação popular contra o governo Bolsonaro. As escolas de samba fizeram a dramatização da tragédia vivida por negros, pobres, gays e mulheres nesse governo. Foi o carnaval da crítica social contra a exclusão.
O que seu viu no carnaval não pode ficar restrito a uma representação cenográfica, estética e de crítica social. Precisamos capitalizar a mobilização contra o governo, exposta no carnaval, contra o golpe do dia 15 e a favor do Estado Democrático de Direito.
Precisamos da participação dos indecisos, dos carnavalescos, dos foliões e de todos que defendem a democracia e as instituiçẽos que protegem nossa Constituição.
 

Um comentário em “MÁRCIA TURCATO/ Precisamos dos indecisos”

  1. “…tragédia vivida por negros, pobres, gays e mulheres nesse governo…” . Essa tal Márcia tem algum problema mental ou algo assim? tem visões apocalípticas , vê lobisomens e sacis pulando ao seu redor?
    “…capitalizar a mobilização contra o governo exposta no carnaval…” . O que me falaram foi sobre uma escola de samba de segunda classe que fez um carro alegórico mostrando o presidente como palhaço. No mais não há nada. Absolutamente nada. O presidente é meio doido, mas esta Márcia Turcato está precisando é tratamento psiquiátrico com urgência. Totalmente lelé da cuca.

Deixe uma resposta