No caso do médico, a ordem é bico calado

Até que o crime seja solucionado, a polícia deve manter sigilo sobre as investigações.
Treze dias depois do assassinato, em Porto Alegre, do médico Marco Antonio Becker, de 60 anos, o Judiciário decidiu que as investigações devem ser desenvolvidas em segredo de justiça. Isso quer dizer que nenhum policial poderá fornecer qualquer informação a quem quer que seja que esteja fora da apuração do caso, especialmente para jornalistas, sobre o andamento do trabalho. O agente que ferir esta determinação, se descoberto, responderá criminalmente pelo seu ato. Evidentemente, as matérias jornalísticas investigativas estarão fora do alcance dessa medida.
A decisão judicial nada tem de insólita. Em tese, todo o tipo de investigação, independente de determinação do judiciário, deve ser realizado em sigilo, sem entrevistas reveladoras das pautas que estão sendo seguidas, sem informações privilegiadas, sem estrelismos sherloquianos. Este humilde marquês alertou para o que vinha acontecendo no entorno da investigação do assassinato de Becker. Houve muita falação com pouca habilidade. Agora, a ordem na polícia é bico calado, o que não corresponde a nenhuma rolha para a imprensa. Pelo contrário, o caso passa a ser um desafio para os repórteres, que é tão grande quanto aquele com que se defronta a equipe que busca desvendar o crime.
Mulheres
Ontem, o chefe da Casa Civil do Governo do Estado, José Alberto Wenzel, recebeu o processo que oficializa a Delegacia da Mulher no município de Erechim. Criado em 2003, por iniciativa da vereadora Carlinda Poletto Farina, o projeto gerou o Posto de Atendimento à Mulher, que funciona junto à 1ª DP de Erechim, sendo, a partir da sanção da governadora Yeda Crusius, por meio da assinatura do decreto, oficializada a 1ª DP da Mulher naquela cidade que terá como titular a delegada Diana Casarin Zanatta.
Jogatina
Policiais da 1ª DP de Osório apreenderam, terça-feira, cinco máquinas caça-níqueis, sendo duas em forma de malas. A apreensão ocorreu em dois bares no bairro Albatroz em operação dirigida pelo delegado Celso Santino Ferri. Em Bagé, sob a coordenação da delegada Lúcia Salim, foram apreendidas oito máquinas caça-níqueis e fechados dois pontos de arrecadação de jogo do bicho. Segundo Lúcia, a operação foi contra o esquema de um contraventor que costuma empregar mulheres como suas gerentes.
Seguro
A governadora Yeda Crusius inaugurará, amanhã, os quatro novos pavilhões do Presídio Central de Porto Alegre. Com um custo total de R$ 5,4 milhões e criando 492 novas vagas, a obra integra o Programa Estruturante Cidadão Seguro. A abertura dessas vagas vai determinar a saída de policiais militares das ruas para reforçar a segurança na casa prisional. Isso significa que o cidadão não estará, exatamente, seguro, é claro.
Ambulantes
Até o momento em que encerrava a coluna, era grave o estado de saúde do zelador Edson Morales, de 58 anos, que ficou mais de 10 horas baleado dentro de um elevador de um prédio comercial no centro de Porto Alegre. O crime ocorreu na noite de terça-feira depois que o criminoso arrombou a sala utilizada para depósito por vendedores ambulantes no 4º andar do edifício. Edson levou dois tiros possivelmente ao tentar evitar o furto de mercadorias.
Praia
Agentes da DP de Tramandaí, prenderam cinco pessoas, entre elas dois adolescentes, que tinham em seu poder 386 gramas de crack, o que equivale, aproximadamente a três mil pedras do produto, uma motor e uma espingarda de calibre 12, cano serrado. A ação ocorreu na rua rua Estilac, bairro São Francisco.
Esteio
A comunidade de Esteio está prestigiando as ações da Brigada Militar local, comandada pelo tenente-coronel Roberto Kraig, contra a criminalidade e a praga da poluição sonora proporcionada por jovens exibicionistas em seus carrões nas 24 horas do dia. Dezenas de carros têm sido recolhidos, o que não se nota em Porto Alegre.
Execução
Um jovem foi morto a tiros, ontem, dentro de uma Lan House. em Porto Alegre. O crime, que teve características de execução, ocorreu no bairro Santa Teresa. Segundo a Brigada Militar, quatro homens chegaram a bordo de duas motos e dispararam contra Cristiano Rosa da Silva de 19 anos.

Deixe uma resposta