Libretos Editora celebra 20 anos de atuação, investindo na bibliodiversidade

Fundada por Clô Barcellos, jornalista, designer e artista visual e por Rafael Guimaraens, escritor e jornalista, a Libretos atua desde 2001 na área de memória e humanidades e, em duas décadas, publicou cerca de 200 livros, entre romances, contos, não-ficção, infantis, juvenis, ebooks e audiolivros, além das séries Universidade e Poche, de bolso. Dia 18 de dezembro, sábado, das 14h às 18h, haverá um evento comemorativo ,no Espaço Amelie, na Rua Vieira de Castro, 439 – Porto Alegre/RS

Clô Barcellos e Rafael Guimaraens. Foto: Ricardo Stricher/ Divulgação
Entre seus autores estão Valesca de Assis, Alcy Cheuiche, Wrana Panizzi, Rafael Guimaraens, Paulo César Teixeira, Santiago, Fátima Farias, Edgar Vasques, Marcel Citro, Dilmar Messias, Lilian Rocha, Robson Pereira, Celso Gutfreind, Kleiton Ramil, Viviane Jugueiro, Letícia Möller, Miguel da Costa Franco, Ana Dos Santos, Jandiro Adriano Koch, Ricardo Silvestrin, Maria do Carmo Campos, Susana Vernieri e muitos outros. Também editou audiolivros de Carlos Urbim, Jane Tutikian e Cintia Moscovich.

“Nos identificamos com a qualidade de nossos autores, ilustradores, revisores, técnicos de várias áreas que fazem do livro a nossa razão de ser. Editar é uma atividade social, cultural e transformativa feita por aqueles que estão ao lado da justiça social”, observam Clô e Rafael.

Tornou-se uma editora com metas, mas mantendo o compromisso primordial com a bibliodiversidade. Cada vez mais publica livros de cultura negra, como Pretessência – Sopapo Poético, A criação da Terra e do Homem – Mitologia YourubáBatidas de OkanMel e Dendê e Travessias de Amanaã, e de temática LGTBIQ+, como Coligay, Babá – esse depravado negro que amou O crush de Álvares de Azevedo.

Banca da Libretos na 67ª Feira do Livro de Porto Alegre

Há onze anos participa da Feira do Livro de Porto Alegre com banca própria e promove eventos de lançamento com debates de temas de todos os seus livros, incluídos na programação oficial da feira, além de estar presente em feiras do interior do Estado e feiras populares de rua, e de eventos dos movimentos culturais. A Libretos é parceira, em edições e eventos, de instituições como Goethe Institut Porto Alegre, UFRGS, Ulbra, Unisinos, Fapa e Assembleia Legislativa.

No ano de 2020, em função da pandemia, a editora transmitiu trinta e cinco lives de lançamento e debate de seus livros, na Sala Libretos, e neste ano, mais nove programas. Promoveu o projeto Libretos Híbrida, presente na Feira do Livro de Porto Alegre com banca e sessões de autógrafos de seus autores, além de uma ampla programação virtual da Sala Libretos.

A editora recebeu os prêmios Destaque Açorianos/SMC/PMPA (2010); Troféu Cultura Econômica/JC (2013) e Parceiros da Escrita/ AGES (2017) e, recentemente, o Prêmio Trajetórias PMLL na categoria Instituição do Livro/PMPA. Importante registrar que diversos livros da Libretos ganharam prêmios literários, como o Troféu Açorianos da PMPA, o Prêmio da Associação Gaúcha de escritores AGES e Prêmio Minuano, do Instituto Estadual do Livro em parceria com a Faculdade de Letras da UFRGS. O livro Flavio Koutzii, biografia de um militante revolucionário, de Benito Schmidt, foi finalista no prêmio Jabuti, em nível nacional.

E para celebrar 20 anos de trajetória da editora, no dia 18 de dezembro, sábado, das 14h às 18h, será realizado o evento Libretos, 20 anos bibliodivertidos! no Espaço Amelie, na Rua Vieira de Castro, 439, com exposição de livros e banners.

Libretos, 20 anos bibliodivertidos!
Dia 18 de dezembro, sábado, das 14h às 18h, no Espaço Amelie, na Rua Vieira de Castro, 439 – Porto Alegre/RS

Exposição de livros e banners

Espaço Amelie – Praça João Paulo I, na Rua Vieira de Castro

Porto Alegre/RS
Aberto ao público
Nas comemorações de 20 anos de aniversário, a Libretos estará nesta semana até o dia 19 de dezembro participando também da FeirArteira no Bom Fim (João Telles, 499) com a Ong ALICE.

.

.
.

Deixe uma resposta