Cartilha orienta população e gestores sobre os cuidados em locais com floração

Orientada por Vera, bióloga Mariê Cabezudo participou das pesquisas. Foto: Divulgação

Vera produziu uma cartilha a fim de ensinar e alertar a população para tomarem determinados cuidados em locais com floração e orientar os agentes públicos. O título é ‘Cianobactérias: Belas mas, às vezes, perigosas.’

Na cartilha, a bióloga explica que as cianofíceas foram os primeiros organismos produtores de oxigênio, apresentando ao mesmo tempo, características de bactérias e de algas. São seres bastante primitivos, com registros de documentos fósseis de cerca de 3,5 bilhões de anos. Ocorrem tanto na água como em superfícies sólidas, como solo, pedra e árvores.

“Então, a gente faz esses levantamentos e produz relatórios e cartilhas para enviar aos administradores dos parques ou diretamente às prefeituras, como forma de orientá-los”, completa.

Informações gerais

Quais cianotoxinas elas podem produzir e quais suas consequências?

– Neurotoxinas: atuam no sistema nervoso central, inibindo transmissão de impulsos à musculatura, provocando a morte por parada respiratória.

– Hepatotoxinas: intoxicações, morte por hemorragia do fígado.

– Dermatotoxinas: problemas na pele, irritante ao contato.

Quais são os sintomas provocados pelas cianotoxinas?

– Alergia, rinite, conjuntivite e dispneia, por inalação

– intoxicações agudas: diarréia, náuseas, febre, vômitos, cólicas. abdominais, anorexia, astenia, hepatomegalia, por ingestão.

– Dermtites (urticariforme), conjuntivites e rinite, pelo contato.

Quais as consequências das cianotoxinas para o ambiente e para os seres vivos?

Intoxicações, mortandades de peixes e de outros animais, inclusive seres humanos, têm sido registrados no mundo inteiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *